The Foxes - Alice Joana Gonçalves

Ciclo Dança Invisível | THE FOXES de Alice Joana Gonçalves

PALÁCIO DO SOBRALINHO
Sab 01 Setembro 2018, 21:30
M/18 anos
Aviso: espectáculo com nudez integral
O cruzamento do projecto “The Hunting” (2013) com a presente performance explora a questão do passado e a sua continuação no tempo, como um corpo que nunca parou, mas que se moldou até chegar ao ano 2018. Partindo da premissa inicial, de que se explora o corpo como uma matéria que molda e é moldada ao longo do espaço e do tempo e a sucessão das diversas esculturas através do corpo, impele-nos para a sua fragilidade, que é exibida e que se torna o elemento crucial de toda a performance. Quase como um cadáver esquisito, a última sequela “The Foxes” (ainda em construção), re-significa todo o contexto da performance inicial, talvez lhe roube a identidade, ou só a domine, colocando em causa o território ao qual pertencemos e construindo novos limites. Se num primeiro acto assistimos a um corpo contra a matéria, num segundo, o corpo adapta-se à matéria, constrói um novo espaço, agora habitado por outro corpo.

 

Performance de Alice Joana Gonçalves
Performers Xana Novais, Alice Joana Gonçalves
Desenho de luz Alice Joana Gonçalves
Desenho de som Ricardo Cabral e Manuel Guimarães
Residência de criação Palácio do Sobralinho – Artistas no Palácio
Apoio Inestética companhia teatral

Alice Joana Gonçalves estudou dança clássica e contemporânea (1999-2004) no Colégio Rainha Santa Isabel e no Teatro Gil Vicente, para além de ter prosseguido o seus estudos em dança e movimento em workshops, formações internacionais e trabalhando como bailarina. No entanto, desde cedo, decidiu seguir a área da criação performativa e direccionou então o seu foco para o seu corpo, utilizando ferramentas das artes visuais e da dança. A sua primeira performance “Apocalipse” ganhou o Prémio dos Jovens Criadores 2012; voltou a ser distinguida com o mesmo prémio dois anos depois, com “The Hunting”. Em 2013, foi convidada para ir a Nova Iorque pelo Art Institute para representar Portugal (The Hunting). “Welcome to the Machine”, uma performance em vídeo, foi exibido no International Society for Performing Arts Congress (USA). Em 2015, ganhou o Prémios Novos, prémio para Artistas Emergentes Portugueses nas Artes Visuais. Nos últimos anos, realizou uma exposição individual, “Adagio to One Wolf”, na Galeria Fernando Santos, no Porto. Colaborou com Julião Sarmento para fazer a performance “Five Easy Pieces”, “Notre Dame” em co-autoria, ou com participação especial do artista na sua performance. Também apresentou “La Chienne” na exposição da coleção particular de Julião Sarmento no Museu da Eletricidade de Lisboa, ao lado de nomes como Marina Abramovic, Gerhard Richter, Bruce Nauman, Nan Goldin… Mais recentemente, apresentou “Beauty is a Hidden Place”, uma performance (happening) no evento Ritz´s Secret Room organizada por Sangue na Guelra Blood N´Guts, Ritz Four Seasons e Vogue Portugal, colaborando com vários chef Michelin como Alex Atala, Eneko Atxa, entre outros.

 

 


 

DANÇA INVISÍVEL 2018

Sex 31 Ago – SU8MARINO | Joana Castro
Sab 01 Set – THE FOXES | Alice Joana Gonçalves
Sex 14 Set – MUTABILIS | Paula Pinto / António de Sousa Dias
Sab 15 Set – ET TOI… | Carolina Van Eps / Francesca Saraullo

Consulte a programação detalhada (sinopses, fotos, biografias)

PROGRAMA

 


 

Produção Inestética – Associação Cultural de Novas Ideias
Apoio União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Imarte, Arte Franca
Estrutura financiada por

 

 

Scroll to top