Dança Invisível – Ciclo de Dança Contemporânea

PALÁCIO DO SOBRALINHO
VILA FRANCA DE XIRA

O ciclo Dança Invisível pretende criar um novo espaço de possibilidades para a dança contemporânea portuguesa, apostando no cruzamento de linguagens artísticas e na promoção do trabalho de coreógrafos emergentes, com criações de carácter experimental e inovador. 

Em cada edição é convidado um artista consagrado, de forma a potenciar o diálogo artístico entre o que é visível, em termos do circuito artístico nacional e internacional, e o que ainda permanece “invisível” para o grande público, decorrente da sua natureza embrionária. 

O ciclo surge também intimamente ligado ao programa de apoio à criação “Artistas no Palácio – Programa de Residências Artísticas” que a Inestética tem vindo a promover no Palácio do Sobralinho desde 2015. 

Após a apresentação dos espectáculos são promovidas conversas informais com o público, com o objectivo de aproximar criadores e audiência, numa reflexão conjunta que permitirá um melhor entendimento dos objectos propostos.

2019

Renann Fontoura
Rafael Alvarez
ASTA / Miguel Pereira
Bruna Carvalho

2018

Joana Castro
Alice Joana Gonçalves
Paula Pinto / António de Sousa Dias
Carolina Van Eps / Francesca Saraullo


DANÇA INVISÍVEL
Ciclo de Dança Contemporânea

Programação Alexandre Lyra Leite
Design gráfico Rita Leite
Direcção técnica Fernando Tavares
Registo e Edição vídeo Vítor Hugo Costa
Apoio à produção Susana Serralha
Produção Inestética – Associação Cultural de Novas Ideias
Estrutura financiada por República Portuguesa – Cultura / DGArtes, Câmara Municipal de Vila Franca de Xira
Apoio União de Freguesias de Alverca do Ribatejo e Sobralinho, Imarte, Arte Franca, Metafilmes